Em Rio do Sul, Senar forma primeira turma de Técnicos em Agronegócio

Orgulho e alegria. Emoções que estavam estampadas nos rostos dos 26 formandos da primeira turma do Curso Técnico em Agronegócio do polo presencial de Rio do Sul, que ocorreu no último sábado (31), no Clube Caça e Tiro Dias Velho. Os novos técnicos em agronegócio fazem parte de um seleto, mas já representativo grupo de alunos formados pelo curso oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina (Faesc).

“Estamos, mais uma vez, reforçando o time do agro em Santa Catarina. Essa é a primeira de muitas turmas que vamos formar aqui no Alto Vale. Hoje (sábado) mesmo visitamos o polo onde a segunda turma do Curso Técnico em Agronegócio já está em andamento, uma juventude cheia de disposição e vontade de aprender. Aos recém-formados, parabéns pela dedicação e, temos certeza, que vocês farão a diferença na administração das propriedades rurais e negócios agrícolas”, destacou o superintendente do Senar/SC, Gilmar Zanluchi, que presidiu a cerimônia de formatura em Rio do Sul.

O jovem agricultor de Rio do Campo, Diego Hellmann de 25 anos, é um dos recém-formados Técnico em Agronegócio e ressaltou a importância do curso para a concretização de um novo projeto. Filho de produtor rural, a família de Diego sempre investiu na cultura do tabaco e no gado de leite, e há pouco tempo está trabalhando também com o alho. “Quando eu comecei o curso, trabalhar com o alho, uma cultura que se encaixa bem na propriedade no inverno, era apenas uma ideia. Hoje, na formatura, além da produção de alho, nós já temos em funcionamento uma agroindústria de processamento”, completou orgulhoso.

As aulas, com objetivos voltados a gestão e comercialização do agronegócio, têm reflexos diretos no dia a dia de quem trabalha no setor. A empresária Sheila Valiati de Rio do Sul, formada em gastronomia e sócia de uma agroindústria, destacou que o curso foi um divisor de águas. “Meu marido e eu cursamos o Técnico em Agronegócio e tudo foi de grande valia para a nossa rotina de trabalho, principalmente, na parte de gestão, mas também de entender a terra e compreender o setor agrícola”.

O presidente do Sindicato Rural de Rio do Sul, Ereno Marchi, agradeceu a oportunidade de poder participar desse momento que classificou como “formando profissionais que serão o futuro do agronegócio em nossa região”. O supervisor do Senar da região Vale do Itajaí, Darci Wollmann, reforçou o propósito da entidade quanto à formação técnica, mas, sobretudo gerencial nas propriedades rurais.

“O Senar/SC está com um bom trabalho junto aos Sindicatos Rurais dos municípios, distribuindo treinamentos e ainda disponibilizando a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG). E hoje, com a formatura da primeira turma do Curso Técnico em Agronegócio, estamos colocando profissionais capacitados para atuar junto aos produtores e empresas rurais e esse é o grande objetivo do Senar”.

A turma de formados de Rio do Sul é a oitava deste ano e a vigésima deste que começou o curso Técnico em Agronegócio. Desde que iniciou, em 2016, o curso já formou 441 técnicos em agronegócio espalhados em polos de apoio presencial em todo o Estado. Atualmente são 12 polos e cinco novas turmas que iniciaram em julho nos municípios de Braço do Norte, Campo Alegre, Rio do Sul, São Miguel do Oeste e São José.


FORMANDOS

Os recém-formados em Técnico em Agronegócio de Rio do Sul são: Cleomar Hugen, Dario Esser, Diego Hellmann, Dionei Michel, Elis Maine Roling, Fabio Macedo de Castro Faria, Fábio Sidney Thiesen, Gilson Baptista, Ivonete Santilha Silva Nazari, Laís Sofia Vicente Selke, Luis Edenilson Hermes, Luziane Sidooski, Marc Wilian Canalle, Marcelo Gramkow, Marcia Judite Broering Schultz, Marcos Antonio da Silva, Maria Marlete Cichocki, Ricardo de Moraes, Sheila Cristina Grein Valiati, Thomas Balem, Vili Valiati e Vilma da Silva.

Fonte: Sistema Faesc/Senar-SC 
Foto: Divulgação / Senar-SC

Mostrar mais
Fechar