Deputados aprovam PL que prorroga incentivos fiscais

A Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade, nesta quarta-feira (7), a redação final do Projeto de Lei (PL) 236/2019, de autoria da Comissão de Finanças e Tributação, que suspende os efeitos dos decretos governamentais 1.866 e 1.867, de 2018, que eliminam incentivos fiscais a diversos segmentos econômicos.

A condição foi alcançada na manhã desta quarta-feira, com a apresentação, pela própria Comissão de Finanças, de parecer pela admissibilidade do texto. Na prática, a matéria mantém até o dia 31 de agosto a alíquota de 7% no Icms cobrado a diversos produtos, como carnes de suínos e aves, água, erva-mate, lacticínios, farinha de trigo, cerâmica vermelha, entre outros, além da isenção aos defensivos agrícolas.

O projeto foi aprovado com emendas modificativas e aditivas que tornam seus efeitos retroativos a 31 de julho e revogam o artigo 13 da Lei 17.698/2019, que estabelecia as metas para a redução da renúncia fiscal. Matéria segue agora para sanção ou não do governador Carlos Moiséis (PSL).
Fonte: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc) 
Foto: Rodolfo Espínola / Agência AL

Mostrar mais
Fechar