Com Santa Alice Nublado II, Freio de Ouro 2019 registra a 2ª maior média da história

Uma edição histórica. No seio da 42ª Expointer, em Esteio/RS, a maior prova da raça Crioula atingiu novas marcas e escreveu novas linhas de uma história que perpassa gerações. Somados os quatro dias de prova, cerca de 87 mil pessoas estiveram nas arquibancadas no entorno da pista do Parque de Exposições Assis Brasil – que, aliás, deve ser remodelada em breve com o projeto Nova Arena. 

Em pista foram 49 fêmeas e 48 machos que, destes, apenas oito subiram ao pódio disputando também R$ 200 mil reais em prêmios. Entre os machos, Santa Alice Nublado II, montado por Fernando Andrighetti, atingiu 22,978 de média, a segunda maior entre as duas categorias da história do Freio de Ouro. Nas fêmeas, Fábio Teixeira da Silveira montou e venceu com Campana Vincuña, com 21,407 de média.

O julgamento foi realizado pelo trio André Luiz Narciso Rosa, Federico Argüelles e Rodrigo Albuquerque Py na categoria Fêmeas e por Eduardo Móglia Suñe, Luis Rodolfo Machado e Luciano Corrêa Passos na categoria Machos.

Campeão do início ao fim
Com o passar de cada etapa do Freio de Ouro, os olhos mais atentos começaram a notar uma estabilidade nas notas parciais: Santa Alice Nublado II, montado por Fernando Andrighetti, abocanhou a liderança logo na morfologia e a manteve sob suas patas durante os quatro dias de Freio de Ouro. Líder de ponta a ponta, o desempenho de Santa Alice Nublado II traduziu-se também em história: os 22,978 de média representam a segunda maior desde sempre (a maior entre os machos), superada apenas por Oraca do Itapororó, Freio de Ouro 2013, com os seus 23,319 de média. 

No fundo da pista após a confirmação do título, o ginete Fernando Andrighetti recebeu os cumprimentos de amigos e deu declarações emocionadas aos jornalistas. “O cavalo é um fenômeno, é um craque. [O sonho] É uma coisa antiga, emoção com o meu irmão, porque a gente sabe o quanto batalhou lá atrás, coisa de muito tempo, começamos longe e a gente imaginava esse momento, mas quando acontece não cai a ficha ainda”, revelou.

O criador Marcelo Bomfiglio Marçal, que é expositor ao lado de Juliano Biazus, dos estabelecimentos Estância Santa Alice e El Casillero, de Rosário do Sul/RS, destaca o trabalho feito há gerações. “Nós sempre fizemos um trabalho na família e na criação. Desde a época do meu pai se começou a criação, que está no céu e lembro dele agora, e também dos amigos que nós fizemos através da raça Crioula, que muito nos honra”, contou.

Vitória decidida no campo
Campana Vincuña, exposta por José Valmir D’Ávila, da Cabanha JLV, já se apresentava entre as quatro primeiras fêmeas desde a etapa morfológica, onde alcançou 8,183 de média em uma fila extremamente disputada. E de lá para a última corrida de boi, o caminho da égua zaina foi de plena evolução, permanecendo no topo desde a primeira prova de campo (Campo I). Na comemoração da vitória, toda a experiência do ginete Fábio Teixeira da Silveira, que aos 34 anos conquistou o seu 3º Freio de Ouro – dentre eles, o de Oraca do Itapororó, em 2013. Para chegar, enfim, aos 21,407 de média final. 

“Ela é uma égua mansa, que tem temperamento, força extrema e doma impecável. E em todos os animais a gente tenta fazer o mesmo trabalho. Alguns se sobressaem: aguentam um pouco mais, outros um pouco menos. Mas o importante é estarmos na final no domingo e, se conseguirmos, ganhar”, conta o ginete que também levantou o troféu de Alpaca com Peñarol da Boa Vista na categoria Machos. Ainda nas fêmeas, Independência do Espigão – a Freio de Ouro 2018 – se manteve entre as melhores após tentar a defesa de título, levando o Bronze para a casa com o ginete Daniel Teixeira. 

O Freio de Ouro conta com o patrocínio de Ipiranga e Massey Ferguson, além do apoio da Supra e Chevrolet.


Resultado (ainda não homologado pela ABCCC):

FÊMEAS

FREIO DE OURO
CAMPANA VICUÑA, R.P. 435, B315839, NMGC 5, NASC 17/10/2009, FEMEA, ZAINA, POR TRIUNFO DO PURUNÃ (B238882) (PAI) E CAMPANA QUINCHA (B220555) (MÃE)
CRIADOR: MÁRIO MOGLIA SUÑE 
EXPOSITOR: JOSÉ VALMIR SILVEIRA D AVILA ESTABELECIMENTO: CABANHA JLV, SANTA MARGARIDA DO SUL – RS 
GINETE: FABIO TEIXEIRA DA SILVEIRA
NOTA: 21,407

FREIO DE PRATA
IBÉRICA DA VENDRAMIN, R.P. 322, B402764, NMGC 5, NASC 27/07/2012, FÊMEA, ZAINA, POR MACANUDO DO ITAPORORÓ (B192263) (PAI) E DA LHE GAITA DE LOS CAMPOS (B280859) (MÃE)
CRIADOR: ALDO VENDRAMIN EXPOSITOR: ALDO VENDRAMIN 
ESTABELECIMENTO: ESTÂNCIA VENDRAMIN, PALMEIRA – PR 
GINETE: FABRICIO BRUNELLI BARBOSA
NOTA: 20,990

FREIO DE BRONZE
INDEPENDÊNCIA DO ESPIGÃO, R.P. 133, B398678, NMGC 6, NASC 07/09/2012, FÊMEA, GATEADA SALINA RABICANA, POR MANDANTE TUPAMBAÉ (B246621) (PAI) E FACEIRA DO ESPIGÃO (B184722) (MÃE)
CRIADOR: JOSÉ ADEMIR PEREIRA EXPOSITOR: JOSÉ ADEMIR PEREIRA ESTABELECIMENTO: CABANHA ESPIGÃO, CANOINHAS – SC 
GINETE: DANIEL WAIHRICH MARIM TEIXEIRA
NOTA: 20,843

FREIO DE ALPACA
DESAVENÇA DOS CASTANHEIROS, R.P. 410, B443609, NMGC 8, NASC 25/10/2013, FÊMEA, ZAINA, POR SARGENTO DO ITAPORORÓ (B280462) (PAI) E SALSA NEGRA DO ITAPORORÓ (B280470) (MÃE)
CRIADOR: MIGUEL E RODRIGO SCARPELLINI CAMPOS EXPOSITOR: MIGUEL E RODRIGO SCARPELLINI CAMPOS 
ESTABELECIMENTO: CABANHA DOS CASTANHEIROS, PEJUÇARA – RS 
GINETE: GABRIEL VIOLA MARTY
NOTA: 20,576

MACHOS

FREIO DE OURO 
SANTA ALICE NUBLADO II, R.P. 807, B399620, NMGC 5, NASC 27/11/2012, MACHO, TOSTADA SALGO ESQUERDO, POR AQUI ESTOY DA SANTA JUVITA (B201279) (PAI) E SANTA ALICE CAMBONA (B200021) (MÃE)
CRIADOR: MARCELO BOMFIGLIO MARÇAL 
EXPOSITOR: MARCELO BOMFIGLIO E JULIANO BIAZUS 
ESTABELECIMENTO: ESTÂNCIA SANTA ALICE E EL CASILLERO, ROSÁRIO DO SUL – RS 
GINETE: FERNANDO ANDRIGHETTI
NOTA: 22,978

FREIO DE PRATA
URCO DE SANTA THEREZA, R.P. 1005, B455617, NMGC 6, NASC 24/09/2014, MACHO, COLORADA DOURADILHA, POR MACETE DE SANTA MARGARIDA (B256103) (PAI) E LA TRADICION DE SANTA MARGARIDA (B238502) (MÃE)
CRIADOR: RODOLFO BELMONTE MÓGLIA 
EXPOSITOR: RODOLFO BELMONTE MÓGLIA 
ESTABELECIMENTO: ESTÂNCIA SANTA MARIA, BAGÉ – RS 
GINETE: JOSÉ FONSECA MACEDO
NOTA: 21,460

FREIO DE BRONZE
JOTACE AMULETO, R.P. 386, B401915, NMGC 5, NASC 30/11/2012, MACHO, GATEADA ESCURA, POR JOTACE JOÃO BALAIO (B158687) (PAI) E JOTACE LAMPARINA (B168876) (MÃE)
CRIADOR: JOÃO JURACI CANTARELLI 
EXPOSITOR: JOÃO JURACI CANTARELLI 
ESTABELECIMENTO: CABANHA JOTACE, BARRA DO QUARAI – RS 
GINETE: RAUL TEIXEIRA LIMA
NOTA: 21,050

FREIO DE ALPACA
PEÑAROL DA BOA VISTA, R.P. 405, B295054, NMGC 5, NASC 10/09/2008, MACHO, COLORADA, POR CHICÃO DE SANTA ODESSA (B101899) (PAI) E CATARINA DO ITAPORORÓ (B110433) (MÃE)
CRIADOR: FAZENDA BOA VISTA 
EXPOSITOR: PARCERIA PEÑAROL ESTABELECIMENTO: CABANHA BOA VISTA, TRES COXILHAS, MARCA ONZE, VACARIA – RS 
GINETE: FÁBIO TEIXEIRA DA SILVEIRA
NOTA: 20,7853

Fonte: Marina Bonati/ABCCC e Pedro Henrique Krüger/ABCCC

Foto: Felipe Ulbrich

Mostrar mais
Fechar