6 motivos para acompanhar a final do Freio de Ouro

1 – Espetáculo de abertura

Como todo bom início de competições calorosas, o Freio de Ouro não poderia deixar de apresentar uma abertura de tirar o fôlego. Este ano, a equipe do Cavalo Crioulo na Expointer organizou um espetáculo inesquecível. Serão cerca de 90 pessoas, divididas entre atores e bailarinos, para encenar a chegada da Raça na América. A apresentação é dirigida pelo dramaturgo Rinaldo Souto Oliveira. Você pode acompanhar ao vivo através do site da ABCCC ou do Canal Rural no sábado (24), a partir das 13h30min e no domingo (25), às 12h. Imperdível, né?

2 – Defesas de título

Com 9 animais, Guto Freire é o ginete com mais exemplares classificados no ciclo. Em sequência, Daniel Waihrich entra na disputa com 8 animais. A dupla de ginetes promete emoção na final: ambos irão também defender o título com os campeões de 2018. Guto com o bicampeão JA Libertador e Daniel com Independência do Espigão.

3 – R$ 200 mil em prêmios

A premiação é uma das grandes novidades este ano. Somados, os prêmios chegam a R$200 mil* reais. Eles serão distribuídos entre os 8 ganhadores da seguinte forma:

– Fêmeas e machos Freio de Ouro receberão R$ 50 mil cada 

– Fêmeas e machos Freio de Prata receberão R$ 25 mil cada 

– Fêmeas e machos Freio de Bronze receberão R$ 15 mil cada 

– Fêmeas e machos Freio de Alpaca receberão R$ 10 mil cada 

E aí, já tem a sua grande aposta? 

 * a premiação anunciada estará sujeita à retenção do Imposto de Renda na Fonte na forma da lei.

4 – Transmissão ao vivo 

Não estará em Esteio para acompanhar as etapas do Freio de Ouro? Isso não é mais problema! É só juntar toda família, os vizinhos, o cachorro, preparar aquela pipoca e sentar na frente da TV sem preocupação alguma. Você pode enviar fotos, anunciar sua torcida e pedir aquele abraço para a nossa apresentadora Estela Faccin. Ao longo da programação, ela estará acompanhada dos comentaristas Alexandre Sune, Cláudio Azevedo, Daniel Rossato, Rodrigo Teixeira, Felipe Maciel e Gustavo Arhanitsch. Toda a cobertura estará disponível ao vivo no site da ABCCC e no Canal Rural. 

Ah, e não esqueça de acompanhar também as redes sociais da ABCCC: Instagram, Facebook e Twitter. Por essas plataformas você fica por dentro de todos os bastidores e curiosidades do evento, ok?

5 – Grande presença de público

A equipe da ABCCC estima que pelo menos 25 mil pessoas compareçam às finais da Raça na Expointer. Você não poderia ficar de fora, né?

6 – A Copa do Mundo do Cavalo Crioulo 

Durante todos os anos, criadores e ginetes voltam sua energia para um único objetivo: conquistar uma vaga na final da Expointer. O amante da Raça assiste vidrado, com atenção total voltada para a pista do Parque de Exposições Assis Brasil em Esteio. Famílias se unem em coros comemorativos a cada movimento realizado com sucesso pelo Cavalo Crioulo. Época de Freio de Ouro é época de Copa do Mundo da raça Crioula.

Fonte: ABCCC

Mostrar mais
Fechar